Rollon e Cone Drive colocam a Timken na liderança em sistemas de acionamento robótico

Perícia

Rollon e Cone Drive colocam a Timken na liderança em sistemas de acionamento robótico

Para alguns, a palavra “robô” faz pensar em relaxar no sofá enquanto um aspirador de pó autônomo limpa o chão e uma assistente virtual informa o clima — e, em seguida, ajusta o termostato. Certamente é conveniente, mas esses robôs domésticos têm primos muito maiores, complexos e mais sofisticados que são os principais mecanismos atuais da economia global.

Os robôs industriais que estão transformando as indústrias de hoje estão menos voltados para o conforto doméstico e mais para segurança, eficiência e precisão. Eles eliminam o erro humano e a necessidade de pessoas realizarem tarefas perigosas. Eles possibilitam crescimento contínuo em lugares em que a força de trabalho está diminuindo. Além disso, permitem que trabalhadores humanos se concentrem em soluções mais amplas, em vez de em tarefas repetitivas.

De acordo com a Federação Internacional de Robótica, as vendas de robôs industriais dobrou mundialmente de 2013 a 2017 e alcançou um recorde de US$ 16,5 bilhões em vendas em 2018. Embora fabricantes de veículos e eletroeletrônicos ainda sejam os maiores usuários, com cerca de 45% do mercado, o setor está se diversificando. Por exemplo, os setores de alimentos e bebidas duplicaram suas instalações de robôs desde 2013, com um crescimento de 73% nos EUA em 2018.

A Timken fez avanços significativos no mercado de robótica em 2018 quando adquiriu a Cone Drive e o The Rollon Group. As duas empresas têm investimentos importantes em robótica e estão posicionadas para crescerem nesse mercado, que continuou a crescer na ordem de dois dígitos em 2018, mesmo em mercados que sofreram reveses econômicos.

Identificando uma abertura no mercado

Quando Kurt Gamelin, presidente da Cone Drive, decidiu direcionar mais recursos para a área de robótica há alguns anos, a empresa já tinha estabelecido sua liderança no mercado de controle de movimentos de precisão. Sua linha de produtos Accudrive atendeu ao mercado de servomotores, comuns em máquinas de fabricação automatizada e CNC (Controle numérico computadorizado), bem como em robótica, boa parte da década passada.

A Cone Drive é conhecida por desenvolver produtos tecnologicamente complexos para mercados com altas barreiras para entrada. Em 2015, as linhas de produtos existentes da empresa estavam indo bem e Gamelin buscava oportunidades para aproveitar essa proposta de valor.

Os setores de robótica e automação atendiam a esse propósito e a equipe de Gamelin viu uma possibilidade em soluções harmônicas. “Praticamente todos os robôs no mundo têm pelo menos dois sistemas de acionamento harmônico”, ele afirmou, contribuindo para um mercado que está crescendo cerca de 50% anualmente, de acordo com o Relatório World Robotics.

Sistemas de acionamento harmônico também se encaixam na categoria de produtos para mercados com altas barreiras para entrada. “Os OEMs (Fabricantes de equipamentos originais) procuravam fornecedores capacitados desses componentes de missão crítica”, disse Gamelin. Sem uma possibilidade de aquisição viável no mercado, ficou a cargo da equipe da Cone Drive desenvolver sua solução de maneira orgânica.

“A Cone Drive destaca-se em desenvolvimento de produtos. Temos ótimos engenheiros e bons processos, além de uma instalação de testes com dinamômetro de última geração”.

Evoluindo para sistemas completos de movimento linear

Rudi Knevels, presidente da Rollon, afirmou que o investimento de sua empresa em robótica e automação foi uma extensão lógica de um modelo de negócios bem-sucedido. “A Rollon começou em um nicho de mercado no setor de máquinas produzindo soluções de movimento linear e telescópico personalizadas”, disse ele.

Em 2006, Knevels foi encarregado de expandir a estratégia de vendas da empresa para novos mercados e, hoje, a Rollon é líder mundial em produtos de movimento linear nos mercados de logística e ferroviário. Ela também é forte no setor de aviação comercial projetando sistemas de movimento para quase tudo, de sistemas de rastreamento de assentos a compartimentos deslizantes em transportadores de bagagem.

“Atualmente, fornecemos soluções especializadas com capacidade para personalizar quase tudo para qualquer aplicação” explicou Knevels. “Estamos constantemente buscando oportunidades de crescimento em setores industriais em que os clientes estejam procurando soluções exclusivas em vez de produtos prontos”.

A robótica chamou sua atenção naturalmente. “Foi o que nos induziu a ampliar a nossa linha de atuadores e sistemas”, afirmou ele. “Os clientes de robótica e automação preferem comprar sistemas ou atuadores completos projetados para aplicações específicas, em vez de componentes separados”.

Em 2011, os líderes da Rollon fizeram duas aquisições que ajudaram a transformar a empresa em uma fornecedora de sistemas completos de movimento linear. Hoje, os atuadores e sistemas lineares da Rollon ajudam projetistas de automação industrial, empresas de logística e OEMs a agregarem um eixo horizontal a robôs que já podem se movimentar em todas as outras direções.

“Até 7% de todos os robôs industriais instalados no mundo estão equipados com um sétimo eixo”, disse Knevels. “O tamanho estimado do mercado é de US$ 360 milhões e está crescendo rapidamente”.

Soluções harmônicas customizadas. Entrada mais rápida no mercado.

Embora a Rollon e a Cone Drive estejam nos estágios iniciais de seus investimentos em robótica, ambas já estão gerando receita em novos mercados devido a desses investimentos. “Diversos OEMs de robótica de alto nível também estão em vários estágios de desenvolvimento juntamente conosco”, esclareceu Gamelin.

Soluções harmônicas são comuns nos robôs industriais que fabricantes de veículos usam para pintura, solda e montagem. Elas também têm um papel central nos novos robôs colaborativos (cobots) que operam lado a lado de seus parceiros humanos.

“Fabricantes de equipamentos médicos usam soluções harmônicas em máquinas de diagnóstico por imagem e mesas cirúrgicas”, de acordo com Gamelin. “Também são utilizadas em sistemas de posicionamento por satélite, mecanismos de indexação e veículos automatizados que forças militares usam para detectar explosivos”.

Os testes de produtos mostram que os engenheiros da Cone Drive estão rompendo as elevadas barreiras de entrada no mercado de sistemas de acionamento harmônico. “Nossa instalação de testes é um diferencial para os clientes”, ele disse.

A empresa também se destaca em prazos de entrega. Como cada setor e cada robô têm especificações de movimento exclusivas, quase todos os sistemas harmônicos que a Cone Drive produz são customizados. “Podemos atender pedidos especiais rapidamente”, afirmou Gamelin, o que faz diferença nos atuais mercados dinâmicos.

Um sétimo eixo com diversas aplicações

A Rollon também aproveita os seus pontos fortes de customização e prazos de entrega rápidos para conquistar participação de mercado nos setores de robótica e automação industrial. O principal produto de robótica da empresa, seu sistema de transporte Seventh Axis, movimenta robôs pesados em um eixo horizontal. Cada sistema é construído em uma plataforma modular, o que ajuda a empresa a reduzir custos e manter prazos de entrega curtos, além de atender a especificações personalizadas.

Como a Rollon concentra mais de 80% de seus negócios em soluções personalizadas, ela tem um grau elevado de negócios recorrentes. A empresa direciona 70% de seus esforços a parcerias com OEMs e também trabalha diretamente com setores industriais que usam robôs com atuadores lineares. Fabricantes de veículos utilizam sistemas Seventh Axis para movimentar chapas metálicas quentes do forno para a prensa metálica, apenas um exemplo de como os sistemas da Rollon ajudam a afastar seres humanos de situações perigosas.

Os clientes também reduzem os custos de capital e aumentam a eficiência quando substituem diversos robôs estáticos por um robô que se movimenta horizontalmente. Por exemplo, grandes varejistas on-line estão usando um número cada vez maior de robôs em armazéns para movimentar produtos das prateleiras para contêineres de transporte.

Segundo Knevels, o setor de máquinas-ferramenta é outro mercado crescente. “Atualmente, robôs frequentemente realizam atividades de troca de ferramenta ou de peças de trabalho, e esses robôs se movimentam em atuadores lineares”.

É um mercado propício para inovações e soluções otimizadas. “Hoje, muitos usuários de robôs compram componentes de diferentes fornecedores e constroem seus próprios sistemas lineares”, disse Knevels. “O sistema Seventh Axis é projetado para substituir essas soluções caseiras”. Os sistemas são facilmente integrados a qualquer tipo de robô e podem ser montados no solo, teto ou parede.

Vendas globais e suporte do setor de P&D

A integração com a Timken oferece oportunidades em diversos níveis para a Rollon e a Cone Drive. A equipe da Cone Drive está aproveitando ao máximo os recursos de desenvolvimento de produtos da Timken. “A Timken tem uma ampla base de conhecimentos de metalurgia e colaboramos com ela para solucionar vários desafios técnicos que incluem análises de materiais, tratamento térmico e têmpera de superfícies”, disse Gamelin.

A Timken também está investindo em mais engenheiros para a Rollon. “Isso está proporcionando mais estímulo para nossas atividades de P&D”, constatou Knevels.

No que diz respeito a vendas, de acordo com Gamelin, “a presença global da Timken nos proporciona a capacidade de alcançarmos todos os OEMs”. A Coreia do Sul representa um mercado importante como o país com a maior densidade de robôs no mundo, mas a Rollon e a Cone Drive não estavam presente no país antes da aquisição da Timken. De acordo com Gamelin, a equipe da Coreia do Sul está evoluindo com a linha harmônica da Cone Drive.

Além da Coreia do Sul, a equipe de Knevels está treinando novos engenheiros de vendas na Espanha, Canadá e Suécia. Ele também está animado com as conexões da Timken no setor automotivo. Como um dos mercados mais sólidos de robótica industrial, ele oferece uma grande oportunidade para a Rollon. Os relacionamentos estabelecidos da Timken nesse setor estão ajudando a empresa a se desenvolver em automação industrial.

Para Knevels, os benefícios são para ambos os lados. “A Rollon tem sólidos relacionamentos nos mercados ferroviário e de aviação comercial. Estamos discutindo formas para apresentarmos as linhas de produtos da Timken aos nossos contatos nesses setores”.

Os produtos da Rollon têm as suas próprias sinergias porque incluem válvulas, caixas de transmissão e sistemas de lubrificação. “Conforme nossos volumes crescem, estamos incorporando cada vez mais produtos de última geração da Timken a nossos atuadores e sistemas”, observou Knevels.

Investindo no futuro da robótica industrial

À medida que a influência da robótica industrial se desenvolve mais rapidamente, países como Japão e Alemanha estão demonstrando taxas excepcionalmente altas de adoção. “No Japão, é necessário aumentar a automação industrial para implantar uma estratégia de crescimento, pois não há trabalhadores suficientes”, explicou Knevels. “Não vejo nenhuma indicação de que isso mudará nos próximos cinco ou dez anos”.

Embora o mercado de robôs colaborativos ainda seja pequeno, Knevels e Gamelin esperam que os humanos aceitem mais “cobots” no ambiente de trabalho nos próximos anos. Segundo Gamelin, o investimento da Cone Drive em soluções harmônicas posiciona bem a empresa. “Os ‘cobots’ geralmente têm de seis a oito sistemas harmônicos”.

Talvez você pense em robôs colaborativos como pessoas colaborativas, que caminham com duas pernas, mas Knevels diz que esse nem sempre é o caso. “Muitos robôs colaborativos também requerem um sétimo eixo colaborativo”, afirmou ele . Atualmente, a equipe de desenvolvimento da Rollon está trabalhando arduamente para possibilitar essas aplicações.

A Rollon também está investindo nas tecnologias da Indústria 4.0, formando parcerias com empresas de software e fabricantes de eletroeletrônicos para digitalizar e automatizar os sistemas Seventh Axis. “Em determinado momento, essa será a principal solicitação de nossos clientes”, constatou Knevels.

A visão: liderança em sistemas de acionamento robótico

A Rollon e a Cone Drive se tornaram empresas da Timken por terem liderança no setor, parcerias inovadoras, processos de desenvolvimento de alto nível e sólido “know-how” de engenharia. Knevels e Gamelin esperam que essas características os ajudem a alcançar posições de liderança também em robótica.

Para atingir essa meta, os dois líderes estão trabalhando com uma estratégia semelhante: priorizar os requisitos dos clientes. Entregar produtos Premium, projetados de acordo com especificações personalizadas, e manter prazos de entrega curtos para que os clientes possam se movimentar rapidamente nos mercados mais dinâmicos.